Selecione sua Região
Buscar Notícias

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Notícias
De volta ao Pato, Augusto busca consolidar carreira defendendo melhor time do país

Postado em: 08/01/2019

Augusto em ação contra a Copagril nas quartas da Chave Ouro: ano inesquecível.
 

Ser um dos destaques da equipe que surpreendeu o estado e ficou entre os quatro melhores times do Paraná eliminando a tricampeã Copagril jogando diante da família. E no fim disso tudo, receber a ligação do presidente do campeão da Liga Nacional o convidando para defender o time do momento no país. Sem dúvidas, 2018 foi mesmo intenso para o fixo Augusto Limberger.

Prestes a completar 23 anos, o atleta que deu os primeiros chutes na escolinha de Mercedes, cidade onde nasceu e onde teve a oportunidade de atuar também na seleção adulta em competições regionais, vestiu na adolescência as camisas do Colégio Martin Luther em Jogos Escolares e da Copagril Futsal (onde atuou também na equipe principal nas temporadas 14 e 15) em campeonatos estaduais na classe sub-17, retorna nesta temporada ao clube que defendeu em 2016, quando ajudou o Pato Futsal em sua retomada no futsal com o título da Chave Prata.

Após passagens com destaque pelo Caramuru, de Castro, em 2017, e especialmente no Aymoré Futsal, de Matelândia, em 2018, Augusto, dono de um preparo físico invejável, forte poder de marcação e qualidade na saída de jogo, vê nesta temporada a grande oportunidade de consolidar sua carreira profissional.

No dia que confirmou oficialmente seu retorno ao Pato, o site Olhonabola conversou com Augusto. Confira:

Olhonabola: Augusto, qual sua avaliação de 2018, ano em que você se destacou com a camisa do Matelândia, um time que começou com a ideia de permanecer na elite estadual e que acabou chegando à semifinal, tendo eliminado a Copagril no mata-mata.

Augusto: Foi um ano muito bom para toda a equipe, tivemos muita dificuldade com lesões durante o ano e no fim da temporada sofremos com isso. Com certeza éramos a surpresa, dependendo de resultado para classificar entre os oito, e depois avançar para a semifinal da Chave Ouro, conseguindo uma classificação histórica para a cidade de Matêlandia.

Olhonabola: Você já está há alguns anos jogando a Chave Ouro, com passagens pela Copagril, onde iniciou a carreira, e pelo Caramuru, de Castro, mas podemos afirmar que 2018, pelo Matelândia, foi seu grande ano até aqui. Quais fatores você destaca que contribuíram para este seu sucesso pessoal na temporada?

Augusto: Foram anos aprendendo nos clubes onde passei, sempre com dedicação e muito trabalho consegui chegar até aqui, mas sabendo que eu ainda posso melhorar e conquistar muitas coisas.

Olhonabola: Fale um pouco sobre a noite aquela noite no ginásio Ney Braga, quando o Matelândia se tornou o único time a vencer a Copagril em Marechal Rondon no Paranaense e depois se classificou nos pênaltis, isso tudo jogando diante de seus familiares e amigos.

Augusto: Todos nós sabíamos que seria muito difícil, perdemos o jogo em casa e ganhar da Copagril na casa deles e depois decidir nos pênaltis não seria fácil. Teríamos que fazer um jogo extremamente concentrado para sair com a vitória, e no final deu tudo certo, saímos com a classificação e ainda mais com minha família e amigos no ginásio, foi muito bom.

Olhonabola: E falando sobre o futuro, como foi feito o contato do Pato Futsal e qual foi sua reação ao saber que o atual campeão da Liga Nacional e Taça Brasil queria contar com seu futsal?

Augusto: Depois que fomos desclassificados na semifinal, o presidente Lavarda me ligou e falou que teria o interesse de que eu voltasse para Pato Branco, e quando conversamos não tive dúvidas em acertar com uma das melhores equipe de futsal no mundo na atualidade.

Olhonabola: Diante da responsabilidade de vestir a camisa do time a ser batido no Paraná e até mesmo no Brasil, você considera o ano de 2019 a chance de afirmação definitiva de sua carreira profissional?

Augusto: Com certeza, é a equipe a ser batida, tenho a oportunidade de estar nesta equipe. Que seja um ano que tudo se encaminhe pra isso, com certeza vou trabalhar muito pra conseguir minha oportunidade e espaço.

Olhonabola: Em 2016 você participou do ressurgimento do Pato com a conquista da Chave Prata. Naquele momento, você poderia imaginar que apenas duas temporadas depois poderia retornar para um time em um patamar tão diferente?

Augusto: Sempre trabalhei para melhorar, e é muito bom chegar ao Pato Futsal hoje, sabendo que fomos campeões da Chave Prata em 2016. É muito gratificante voltar e vou fazer de tudo para que junto com todo grupo possamos representar essa cidade que ama o futsal.

Olhonabola: Augusto, você ainda é novo e tem muito a percorrer na carreira de jogador, mas passa pela sua cabeça um dia poder voltar a vestir a camisa da Copagril, equipe pela qual você atuou nas categorias de base e iniciou como profissional?

Augusto: Com certeza, foi a equipe onde comecei e se no futuro acontecer de voltar, vou defender a Copagril sabendo do tamanho da torcida e o projeto vencedor que tem.

fotos: divulgação e arquivo Olhonabola

Oferecimento:


 
Mais notícias
Projeto Mãos na Bola busca parcerias para confecção de uniformes; saiba como colaborar
Postado em: 22/01/2019 :: O Projeto Mãos na Bola, que conta com o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer de Marechal Rondon e atende mais de 150 crianças e adolescentes do nosso município através de...
Marechal Rondon sediará etapa regional do Mais Verão nos dias 09 e 10 de fevereiro
Postado em: 22/01/2019 :: Um final de semana inteiro dedicado para o esporte em Marechal Rondon. Trata-se do Mais Verão - Etapa Regional, que será sediado no distrito de Porto Mendes, entre os dias 09 e 10 de fev...
Copa Altônia chega à semifinal com rondonenses Gauchinho e Rafinha Muller na luta pelo título
Postado em: 22/01/2019 :: A 17ª edição da Copa Altônia Supermercado Luiz/ Alternativa Calçados de Futsal, competição já tradicional que reúne equipes das regiõ...
Inscrições para Copa Sesc Verão 2019 encerram nesta semana; garanta sua equipe
Postado em: 21/01/2019 :: O período de inscrições para a Copa Sesc Verão 2019, evento realizado na temporada de verão que dá o pontapé inicial nas atividades esportivas da unida...
Atividades do tênis de mesa são retomadas em Marechal Rondon; participe
Postado em: 21/01/2019 :: A temporada 2019 do tênis de mesa rondonense já começou. Com treinamentos três vezes por semana, a modalidade que vem recebendo um número cada vez maior de adeptos a c...